Search
segunda-feira 9 dezembro 2019
  • :
  • :

Cardeal Kevin Farrell é o novo Camerlengo da Santa Romana Igreja

O Santo Padre nomeou Camerlengo da Santa Romana Igreja o cardeal Kevin Joseph Farrell, prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

A Câmara Apostólica estava vacante desde o falecimento do cardeal Jean-Louis Tauran, em 5 de julho de 2018. O purpurado francês havia anunciado da sacada central da Basílica de São Pedro, em 13 de março de 2013, a eleição de Jorge Mario Bergoglio à Cátedra de Pedro.

O Camerlengo

O Camerlengo é o cardeal que preside a chamada Câmara Apostólica, que desempenha o ofício de salvaguardar e administrar os bens e direitos temporais da Santa Sé no tempo em que esta estiver vacante.

Em caso de morte do Pontífice, está entre os que não cessam o exercício do próprio cargo (Pastor Bonus Art. 6; João Paulo II, 28 de Junho de 1988) e “continua a despachar os assuntos ordinários, submetendo ao Colégio dos Cardeais o que deveria ser referido ao Sumo Pontífice.” Estas são as suas competências de acordo com a Constituição Universi Dominici Gregis (João Paulo II, 22 de fevereiro de 1996).

– Apor o selo no escritório e no quarto do Papa, dispondo que o pessoal que normalmente reside no apartamento privado, posa permanecer lá até depois do sepultamento, quando todo o apartamento papal será selado;

– comunica a morte do Papa ao Cardeal Vigário de Roma, que dá a notícia ao Povo Romano com uma notificação especial; e da mesma forma ao Cardeal Arcipreste da Basílica Vaticana;

– toma posse do Palácio Apostólico Vaticano e, pessoalmente ou através de um delegado, dos Palácios de Latrão e de Castel Gandolfo;

– estabelece, tendo ouvido os Cardeais Chefes das três Ordens, tudo aquilo relativo ao sepultamento do Pontífice (artigo 17);

– preside a Congregação particular constituída pelo próprio Cardeal e por três Cardeais Assistentes, e cuja tarefa é gerenciar questões de menor importância (art. 7);

– decide o dia em que devem iniciar as Congregações Gerais para a preparação da eleição do Papa (Artigo 11);

– predispõe juntamente com os Cardeais que desenvolvem respectivamente o Ofício de Secretário de Estado e de Presidente da Pontifícia Comissão para o Estado da Cidade do Vaticano, os locais da Domus Sanctae Marthae para a adequada organização dos Cardeais eleitores e provê com eles todas as medidas necessárias para preparar a Capela Sistina, para que o processo eleitoral possa se desenvolver de uma maneira tranquila, ordenada e com a máxima confidencialidade, de acordo com as disposições da presente Constituição (art 13.);

– se porventura se achar vago o cargo de Penitenciário-Mor, presencia juntamente com os três Cardeais Assistentes à abertura das cédulas para a sua eleição que ocorre por meio do voto secreto de todos os Cardeais eleitores presentes (Art 15);

– concede a permissão para eventuais fotografias a título de documentação do Pontífice falecido (artigo 30);

– desde o início das atividades da eleição, garante a colaboração externa do Substituto da Secretaria de Estado o fechamento da Domus Sanctae Marthae e da Capela Sistina e dos ambientes reservados para as celebrações litúrgicas às pessoas não autorizadas; (Art 43);

– recebe o juramento dos cardeais sobre a observância do segredo do voto (artigo 48).

Cardeal Kevin Joseph Farrell

O Cardeal Kevin Joseph Farrell, prefeito do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, bispo emérito de Dallas (EUA), nasceu em 2 de setembro de 1947 em Dublin, na Irlanda. Depois de completar escolas primária e secundária, frequentou na Espanha a Universidade Pontifícia de Salamanca e em Roma a Pontifícia Universidade Gregoriana e Pontifícia Universidade de São Tomás de Aquino, obtendo a Licenciatura em lem filosofia e teologia. Entrou na Congregação dos Legionários de Cristo em 1966 e foi ordenado sacerdote em 24 de dezembro de 1978 pelo cardeal Eduardo Francisco Pironio.

Depois de ter exercido inicialmente o ministério como capelão do Movimento Regnum Christi na Universidade de Monterrey, México, em 1983 realizou seu serviço pastoral na paróquia de São Bartolomeu em Bethesda (Washington), Estados Unidos da América.

No ano seguinte foi incardinado na Arquidiocese de capital estadunidense, onde foi vice-pároco da Igreja São Tomás Apóstolo até 1985, e depois diretor do Centro Católico espanhol em 1986, diretor executivo da organização caritativa católica de 1987-1988, secretário para os assuntos financeiros de 1989 a 2001 e pároco da Igreja da Anunciação de 2000 a 2002.

No entanto, já desde 2001 passou a exercer os ofícios de vigário geral para a administração e de moderador da Cúria. Em 28 de dezembro do mesmo ano, foi nomeado por João Paulo II bispo titular de Rusuccuru e auxiliar de Washington, recebendo a ordenação episcopal em 11 de fevereiro de 2002 do cardeal arcebispo Theodore Edgar McCarrick. Como lema episcopal escolheu State in fide.

Em 6 de março de 2007, Bento XVI o chamou para guiar a Diocese de Dallas, onde assumiu no dia 1º de maio seguinte. Durante o ministério episcopal, exerceu vários cargos: Chanceler da Universidade de Dallas; membro do Conselho de Administração da Universidade Católica da América, da Papal Foundation, da Basílica – Santuário nacional da Imaculada Conceição, do instituto São Lucas, em Washington; presidente da Nova Evangelização da América; delegado nacional dos Congressos Eucarísticos Internacionais; membro do conselho diretivo de administração do Pontifício Colégio Irlandês em Roma; moderador episcopal da consulta para a gestão financeira diocesana.

Dentro Conferência Episcopal estadunidense, exerceu as funções de tesoureiro, presidente do Comitê para o Orçamento e as Finanças e daquele para as coletas nacionais, membro do Comitê para o Culto Divino, consultor do Comitê para a Imigração, membro do Grupo operativo para a promoção das vocações ao sacerdócio e à vida consagrada.

Em 15 de agosto de 2016, o Papa Francisco nomeou-o prefeito do Pontifício Conselho para os Leigos, a Família e a vida, para o qual confluíram as competências e funções do Pontifício Conselho para os Leigos e a Família, que desde 1º de setembro de 2016 deixaram de existir.

Ele foi criado cardeal pelo Papa Francisco no Consistório de 19 de novembro de 2016.

Via Vatican News




Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *