Search
terça-feira 25 junho 2019
  • :
  • :

10ª Semana do Tempo Comum – Terça-feira

Primeira Leitura: Atos 11,21-26; 13,1-3

Leitura dos Atos dos Apóstolos – Naqueles dias, muitas pessoas acreditaram no evangelho e se converteram ao Senhor. A notícia chegou aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém. Então enviaram Barnabé até Antioquia. Quando Barnabé chegou e viu a graça que Deus havia concedido, ficou muito alegre e exortou a todos para que permanecessem fiéis ao Senhor, com firmeza de coração. É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor. Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo. Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja e instruíram uma numerosa multidão. Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez, chamados com o nome de cristãos. Na Igreja de Antioquia havia profetas e doutores. Eram eles: Barnabé, Simeão, chamado o Negro, Lúcio de Cirene, Manaém, que fora criado junto com Herodes, e Saulo. Um dia, enquanto celebravam a liturgia em honra do Senhor e jejuavam, o Espírito Santo disse: “Separai para mim Barnabé e Saulo, a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os chamei”. Então eles jejuaram e rezaram, impuseram as mãos sobre Barnabé e Saulo e deixaram-nos partir. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 97(98)

O Senhor fez conhecer seu poder salvador, / e às nações, sua justiça.

  1. Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / porque ele fez prodígios! / Sua mão e o seu braço forte e santo / alcançaram-lhe a vitória. – R.
  2. O Senhor fez conhecer a salvação, / e às nações, sua justiça; / recordou o seu amor sempre fiel / pela casa de Israel. – R.
  3. Os confins do universo contemplaram / a salvação do nosso Deus. / Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, / alegrai-vos e exultai! – R.
  4. Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa / e da cítara suave! / Aclamai, com os clarins e as trombetas, / ao Senhor, o nosso rei! – R.
Evangelho: Mateus 10,7-13

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Em vosso caminho, anunciai: ‘O reino dos céus está próximo’. Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar! Não leveis ouro, nem prata, nem dinheiro nos vossos cintos; nem sacola para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem bastão, porque o operário tem direito ao seu sustento. Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hospedai-vos com ele até a vossa partida. Ao entrardes numa casa, saudai-a. Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz”. – Palavra da salvação.

Reflexão:
“Homem bom, repleto do Espírito Santo e de fé” (At 11,24), José Barnabé era natural da Ilha de Chipre. Residindo em Jerusalém, ele foi um dos primeiros a abraçar o cristianismo. E o fez com admirável liberdade interior e desapego dos bens: vendeu uma propriedade que possuía e ofereceu a soma obtida para as necessidades da Igreja (At 4,37). Acolheu, com especial atenção, o recém-convertido Paulo na comunidade cristã de Jerusalém. Tendo sido enviado para Antioquia da Síria, Barnabé buscou Paulo para ajudá-lo na obra evangelizadora daquela importante cidade. E partiu, juntamente com Paulo e João Marcos, para a primeira campanha de evangelização da Ásia Menor. Participou também, ao lado de Paulo, do Concílio de Jerusalém. Barnabé evangelizou Chipre, de onde foi bispo e aí provavelmente sofreu o martírio.



Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *