Categorias
Evangelho do dia

Sábado da 1ª Semana da Quaresma

(roxo – ofício do dia)

A lei do Senhor é perfeita, conversão para a alma. O testemunho do Senhor é verdadeiro, sabedoria para os simples (Sl 18,8).

As leis de Deus são manifestações do seu amor para com seu povo. Procuremos acatar e cumprir com perfeição a vontade divina, pois “feliz é quem na lei do Senhor vai progredindo”.

Primeira Leitura: Deuteronômio 26,16-19

Leitura do livro do Deuteronômio – Moisés dirigiu a palavra ao povo de Israel e lhe disse: 16“Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma. 17Tu escolheste hoje o Senhor para ser o teu Deus, para seguires os seus caminhos e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedeceres à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos. 19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou e te tornará superior em honra e glória, a fim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 118(119)

Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

1. Feliz o homem sem pecado em seu caminho, / que na lei do Senhor Deus vai progredindo! / Feliz o homem que observa seus preceitos / e de todo o coração procura a Deus! – R.

2. Os vossos mandamentos vós nos destes / para serem fielmente observados. / Oxalá seja bem firme a minha vida / em cumprir vossa vontade e vossa lei! – R.

3. Quero louvar-vos com sincero coração, / pois aprendi as vossas justas decisões. / Quero guardar vossa vontade e vossa lei; / Senhor, não me deixeis desamparado! – R.

Evangelho: Mateus 5,43-48

Salve, ó Cristo, imagem do Pai, / a plena verdade nos comunicai!

Eis o tempo de conversão, / eis o dia da salvação (2Cor 6,2). – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo, amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! 45Assim vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons e faz cair a chuva sobre justos e injustos. 46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

O tempo da Quaresma é preparação imediata para a Páscoa do Senhor. Na Igreja primitiva, esse tempo era dedicado, de modo particular, à instrução dos catecúmenos, ou seja, daqueles e daquelas que receberiam o batismo na Vigília Pascal. Portanto, a liturgia da Palavra tem esse caráter preparatório ao batismo, pois, com o batismo, o velho homem era sepultado, dando, assim, lugar ao homem novo. E o homem novo, à semelhança do Ressuscitado, é chamado a estabelecer novas realizações. A novidade do Cristo e de seus ensinamentos se mostra nas atitudes novas desses homens e mulheres que eram reconhecidos como cristãos. Amar o inimigo, rezar por quem nos persegue, cumprimentar quem não é do nosso círculo eram desafios para quem conviveu com Jesus e para nós ainda hoje. E só em Deus somos capazes de dar essa resposta de fé.(Dia a dia com o Evangelho 2022)

FONTE: PAULUS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.