Categorias
Evangelho do dia

Quarta-feira da 3ª Semana do Advento

(roxo, prefácio do Advento I, – ofício do dia)

O Senhor vai chegar, não tardará: há de iluminar o que as trevas ocultam e se manifestará a todos os povos (Hab 2,3; 1Cor 4,5).

A salvação de Deus se estende a todos os povos da terra, aos quais ele convoca: “Voltai-vos para mim e sereis salvos; eu sou Deus e não há outro”. Busquemos, pois, o Senhor, que age em nosso meio.

Primeira Leitura: Isaías 45,6-8.18.21-25

Leitura do livro do profeta Isaías – 6“Eu sou o Senhor, não há outro, 7eu formei a luz e criei as trevas, crio o bem-estar e as condições de mal-estar: sou o Senhor que faço todas essas coisas. 8Céus, deixai cair orvalho das alturas, e que as nuvens façam chover justiça; abra-se a terra e germine a salvação; brote igualmente a justiça: eu, o Senhor, a criei”. 18Isto diz o Senhor que criou os céus, o próprio Deus que fez a terra, a conformou e consolidou; não a criou para ficar vazia, formou-a para ser habitada: “Sou eu o Senhor, e não há outro. 21Acaso não sou eu o Senhor? E não há deus além de mim. Não há um Deus justo e que salve, a não ser eu. 22Povos de todos os confins da terra, voltai-vos para mim e sereis salvos, eu sou Deus e não há outro. 23Juro por mim mesmo: de minha boca sai o que é justo, a palavra que não volta atrás; todo joelho há de dobrar-se para mim, por mim há de jurar toda língua, 24dizendo: Somente no Senhor residem justiça e força”. Comparecerão perante ele, envergonhados, todos os que lhe resistem; 25no Senhor será justificada e glorificada toda a descendência de Israel. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 84(85)

Que os céus lá do alto derramem o orvalho, / que chova das nuvens o justo esperado!

1. Quero ouvir o que o Senhor irá falar: / é a paz que ele vai anunciar; / a paz para o seu povo e seus amigos, / para os que voltam ao Senhor seu coração. / Está perto a salvação dos que o temem, / e a glória habitará em nossa terra. – R.

2. A verdade e o amor se encontrarão, / a justiça e a paz se abraçarão; / da terra brotará a fidelidade, / e a justiça olhará dos altos céus. – R.

3. O Senhor nos dará tudo o que é bom, / e a nossa terra nos dará suas colheitas; / a justiça andará na sua frente / e a salvação há de seguir os passos seus. – R.

Evangelho: Lucas 7,19-23

Aleluia, aleluia, aleluia.

Tu que trazes boa-nova a Sião, / levanta tua voz e anuncia: / eis que vem o Senhor Deus com poderio! (Is 40,9s) -R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – Naquele tempo, João convocou dois de seus discípulos 19e mandou-os perguntar ao Senhor: “És tu aquele que há de vir ou devemos esperar outro?” 20Eles foram ter com Jesus e disseram: “João Batista nos mandou a ti para perguntar: ‘És tu aquele que há de vir ou devemos esperar outro?’” 21Nessa mesma hora, Jesus curou de doenças, enfermidades e espíritos malignos a muitas pessoas e fez muitos cegos recuperarem a vista. 22Então, Jesus lhes respondeu: “Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e a Boa-nova é anunciada aos pobres. 23E feliz é aquele que não se escandaliza por causa de mim!” – Palavra da salvação.

Reflexão:

Diante da dúvida a respeito de Jesus, João Batista envia dois mensageiros para perguntar se, afinal, é ele o Messias tão esperado ou não. O Mestre não responde com teorias, mas com a prática. Pede aos dois discípulos que
relatem o que estão vendo e ouvindo, ou seja, que falem a João das obras que estão sendo realizadas por ele. A prática de Jesus sempre foi em favor das minorias esquecidas e abandonadas. Ele vai ao “encontro de todas as misérias humanas para minorá-las, ao encontro dos pobres e pecadores para lhes infundir confiança no amor do Pai” (Missal Cotidiano, Paulus). Assim como João Batista tinha suas dúvidas a respeito do Messias, ainda hoje muitos se desconcertam vendo esse homem, filho de carpinteiro, misturando-se e comendo com pobres e pecadores, sendo meigo com as mulheres, transpirando amor e bondade. Como pode esse Jesus ser o Messias, o envidado do Pai?

Oração
Senhor Jesus, recebes dois discípulos do Batista interessados em confirmar se és de fato o Messias. Não lhes dás longas explicações. Ao contrário, os convidas a testemunhar o que realizas em favor da população pobre, enferma
e sofredora. Tais obras comprovam que és o verdadeiro Messias. Amém.(Dia a dia com o Evangelho 2021 – Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp e Pe. Nilo Luza, ssp)

FONTE: PAULUS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.