Search
terça-feira 23 julho 2019
  • :
  • :

Papa Francisco atenderá confissões de jovens presos durante a JMJ

O Diretor Interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, anunciou que o Papa Francisco presidirá uma liturgia penitencial e atenderá a confissão de jovens presos durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Panamá.

Na sexta-feira, 25 de janeiro, o Papa Francisco visitará pela manhã o Centro de Detenção de Menores Las Garzas de Pacora onde presidirá uma liturgia penitencial com os jovens detentos e pronunciará uma homilia.

“É a primeira vez em uma Jornada Mundial da Juventude que acontece uma liturgia penitencial em uma prisão”, disse Alessandro Gisotti e destacou que “o Papa quis dar uma atenção especial para estes jovens que não podem sair para participar”.

Assim, o Santo Padre atenderá a confissão de alguns dos detentos, “será um momento de dor, mas também de consolação e esperança”, afirmou Gisotti.

A mensagem do Papa é que “a misericórdia vence tudo”, acrescentou o Diretor Interino e disse que está em sintonia com a pastoral de proximidade às “periferias existenciais” deste Pontificado.

Por esta razão, no dia seguinte, o Santo Padre visitará os pacientes com HIV e AIDS do Lar El Buen Samaritano.

A visita acontecerá no período da tarde aos 15 pacientes e 25 voluntários (psiquiatras, médicos, professores, etc.) deste centro de acolhida que, à luz do Evangelho, fornece um acompanhamento integral e gratuito às pessoas carentes para que possam viver e enfrentar a sua condição.

Neste local, o Papa Francisco também rezará o Ângelus acompanhado pelos jovens do Hospício Malambo, do Centro São João Paulo II para o acompanhamento de dependentes químicos e de álcool, do Lar São José, pertencente às Irmãs da Caridade, e da congregação Kkottongna, dedicada à acolhida de indigentes.

Via ACI Digital




Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *