Search
terça-feira 18 dezembro 2018
  • :
  • :

O que fazer com os sonhos que não deram certo?

Na vida, sonhos e realidades caminham de mãos dadas. Um dia nós ganhamos, em outro perdem. E, neste movimento constante de dessossego e graça. É preciso seguir sempre adiante, mesmo que seja andando devagar, mas o importante é um dia dia chegar à meta. Nesta caminhada, eu acredito tanto que os sonhos podem trazer benefícios, que aconselho você a sonhar enquanto caminha. Mesmo que seja um sonho miúdo, porque sonhar é viver; é se reinventar; é dar asas aos dons que recebemos e deixar que eles nos leve além.

Basta olharmos para a história e vermos que as grandes conquistas mundiais passaram por um sonhador. As descobertas e as superações, das mais simples as mais grandiosas, também, são frutos de um coração que não se acostumou com o ordinário. Porém, existem sonhos que, por diversas circunstâncias, não foram e nem jamais serão realizados. E, quando isso acontece, o que fazer?

Os sonhos

Acredito que, o primeiro passo é enfrentar a realidade por mais dura que ela seja, porque fugir da verdade só vai aumentar o sofrimento no futuro. E, também, resinificar o sonho, dando-lhe um novo sentido e jamais parar na decepção.

Aliás, a dor me ensinou essa lição muito cedo! Desde criança, sonhava em fazer uma festa para os meus pais, na comemoração dos seus cinquenta anos de casados. Pensava em todos os detalhes e contava os anos para chegar o dia chegar. Só que isso jamais aconteceu! Faltando apenas dois anos para as bodas de ouro, meu pai, que já estava enfermo, faleceu.

Quando voltamos do velório, fomos rever fotos antigas (talvez para amenizar a saudade). E, minha mãe, com grande tristeza, colocou uma daquelas fotos em minhas mãos. Não era uma foto qualquer e ela sabia disso! Era uma fotografia tirada do dia do casamento deles. Minha mãe com um rosto feliz, vestida de branco, com um buquê de flores delicadas na mão, amparada por meu pai que, no auge dos seus vinte e três anos, com olhos claros e rosto sereno, transmitia muita satisfação em viver aquele instante.

Eu amava aquela foto e havia combinado com eles que, nas bodas de ouro, faríamos a ilustração do convite e a decoração para a festa a partir daquela fotografia. Porém, naquele instante, percebi que o sonho jamais seria realizado e a dor, pela perda do meu pai, foi multiplicada por essa frustração. Hoje, pode até parecer coisa insignificante, mas quem já viu seu sonho dissolver-se – seja ele qual for – sabe o quanto isso significa.

O sonho, na verdade, é um pedaço do que somos

Precisamos reunir forças para recomeçar, porque o sonho, na verdade, é um pedaço do que somos. E, quando ele morre, nós também morremos um pouco. No meu caso, entreguei a situação a Deus em oração e pedi a Ele, várias vezes, que curasse o meu coração. Pois, todas as vezes em que ouvia falar em “bodas de ouro”, sentia-me triste e, imediatamente, queria mudar de assunto. Lembrava-me do sonho desfeito e aquela dor, embora silenciosa, continuava viva e fazendo-me sofrer.

Porém, com o tempo e pela graça de Deus, fui sendo curada ao perceber que o amor de Deus por mim é maior do que tudo. Pude contemplar as inúmeras graças que já havia recebido; os sonhos que já havia realizado e percebi que a presença do meu pai, que sempre cuidou tão bem de mim, eram, na verdade, reflexos do amor de Deus. Compreendi que tudo isso, valia muito mais do que fazer uma festa pomposa de bodas, sem justas razões para celebrar. A gratidão aos poucos foi ocupando o lugar da dor e eu tenho me tornado a cada dia mais livre pela graça de Deus.

Não desista de sonhar

Portanto, acredito que esse é o melhor caminho para superar e decepção de um sonho não realizado. Talvez, você, assim como eu, tenha sonhos que já conseguiu realizar e outros que ainda não. Mas, se para cada sonho não realizado, existem tantos outros que realizamos, por qual motivo paramos na dor? As decepções não podem definir nossa condição neste mundo!

Coloque, agora, a sua confiança em Deus e busque a cura do seu coração. Certamente, Deus vai lhe mostrar que existe um sentido para cada acontecimento e você vai perceber que é possível sonhar, mesmo depois de uma perda. Lembra-se de que: Deus é o maior interessado em sua realização e siga adiante, de cabeça erguida. Saiba que Ele caminha ao seu lado e lhe quer feliz. Nesta perspectiva, lembre-se de que, também, os sonhos que não deram certo, podem ser vistos como oportunidades para realização dos sonhos de Deus em sua vida. Então, é justamente aí que mora sua felicidade!

Por Dijanira Silva, via Canção Nova




Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *