Search
sexta-feira 15 dezembro 2017
  • :
  • :

Grupo de Assessores da CNBB estuda a acolhida à Exortação “Amoris Laetitia”

O Grupo de Assessores (GA) que serve às comissões episcopais de pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se reuniu nesta segunda-feira (19), na sede da entidade em Brasília. Contando com a coordenação do subsecretário de Pastoral, mons. Antônio Luiz Catelan e da presença e presidência do bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da Conferência, dom Leonardo Steiner.

Na pauta, destaca-se o trabalho de preparação para a reunião do Conselho Permanente da CNBB que se realizará entre os dias 20 e 21 de junho. A principal tarefa dos assessores neste dia de trabalho é a apreciação do texto que será analisado e aprovado no Conselho Permanente sobre a Exortação Apostólica do Papa Francisco, “Amoris Laetitia”. Trata-se de uma orientação do episcopado dirigida ao clero, aos religiosos, aos leigos e leigas a respeito do aprofundamento e a aplicação das linhas de trabalho pastoral sugeridas pela Exortação.

Duas comissões já trabalharam amplamente o tema, os bispos terão oportunidade para aperfeiçoamento do texto. A contribuição dos assessores deve ser agregada a esse trabalho já realizado e ao que os bispos vão discutir sobre esse tema.

Os assessores foram convidados a participar de um processo, já em curso, de preparação para a Campanha da Fraternidade de 2019. Os temas são recolhidos das comunidades, paróquias e dioceses que enviarão suas sugestões para os regionais da CNBB. A coordenação das campanhas recebe esse material e o apresenta aos bispos, todos os anos, de modo que todos sejam acolhidos em sua participação em vista da escolha de temas para a Campanha da Fraternidade. De forma mais concreta, a coleta de sugestões começa no próximo mês de agosto.

Na jornada de trabalho do GA se inclui uma visita às novas instalações da CNBB onde deverá funcionar, nos próximos meses, todo o trabalho da sede nacional enquanto se realiza uma necessária reforma do prédio atual localizado no Setor de Embaixadas Sul, em Brasília. O local onde os assessores deverão visitar e onde será lugar de trabalho da sede se localiza na Asa Norte, área central de Brasília, na vizinhança das Pontifícias Obras Missionárias.

Por CNBB




Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *