Search
segunda-feira 22 outubro 2018
  • :
  • :

Canonização de Paulo VI: uma grande herança pastoral

Falta pouco para que o bem-aventurado Paulo VI tenha lugar nos altares. Os preparativos para o grande dia, 14 de outubro junto com Dom Romero, já estão em fase final e na agenda dos peregrinos não faltarão cerimônias para louvar este Papa que deixou uma grande herança pastoral.

Pontificado

Paulo VI nasceu em Concesio, Bréscia no norte da Itália em 26 de setembro de 1897 e foi eleito Papa em 21 de junho de 1963, durante o período do Concílio Vaticano II ao qual deu sequência com maestria e ainda ajudou que a Igreja o compreendesse e acolhesse nos anos seguintes.

Teve uma extensa produção formativa para a Igreja, 12 exortações, 7 encíclicas e dezenas de outros documentos como cartas apostólicas e motu proprio.

Paulo VI e Francisco

Atualmente sua herança pastoral é muito importante. Vive-se um momento eclesial ao qual se deve muito à esse Papa, incluindo sua ênfase sobre a misericórdia, que já foi tema do recente Ano Santo de 2016.

Papa Francisco não esconde que Paulo VI é um de seus inspiradores. Mas além de palavras principalmente, como sempre, contam os fatos. Por isso: a Igreja em saída, a Igreja sinodal, ou seja a de caminhar juntos, a Igreja que vive os sinais dos tempos sem falsos otimismos, mas sem se fechar em si mesma, mais companheira de viagem do que fria protetora, esta Igreja que respiramos hoje tem muito de Paulo VI.

Uma gratidão que Francisco expressou quando Paulo VI foi proclamado beato em 19 de outubro de 2014: “A respeito deste grande Papa, deste cristão corajoso, deste apóstolo incansável, diante de Deus hoje só podemos dizer uma palavra tão simples como sincera e importante: Obrigado! Obrigado, nosso querido e amado Papa Paulo VI! Obrigado pelo teu humilde e profético testemunho de amor a Cristo e à sua Igreja!”.

Momentos comuns de espiritualidade para a canonização

Para o grande dia, 14 de outubro, foram organizados em Roma três grandes momentos comuns para os peregrinos se aproximarem de seu novo santo:

No sábado, 13 de outubro, às 17h30 serão realizadas as Vésperas na Basílica dos Santos XII Apóstolos;

Domingo, dia 14 de outubro será celebrada a Santa Missa de canonização na Praça São Pedro às 10h15, presidida pelo Papa Francisco.

Na segunda-feira, dia 15 de outubro será rezada uma Missa de Ação de Graças na Basílica de São Paulo fora dos Muros com a presença de fiéis de Milão (onde Paulo VI foi arcebispo de 1954 a 1963) e de Bréscia, sua terra natal.

Via Vatican News




Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *